SALVADOR DAQUI

(Roberto Mendes e J. Velloso)   

Sim, eu vagueio entre sol, silêncio e sonho

Pelo o que eu penso e o que em mim encontro

Surrealismo é o segredo sem seu manto

De Salvador Dalí, mas o daqui é o meu canto

 

De cor em cor chego a qualquer lugar

Quando o desejo pintar

Subo com o azul, risco no ar

Como é tão simples sonhar

 

O inconsciente tem muito mais mistérios

Do que o cosmos, o sangue, o meu, o mar

E quando fujo pra dentro de mim mesmo

Tenho mais segredos do que eu penso guardar

 

De cor em cor chego a qualquer lugar

Quando o desejo pintar

Subo com o azul, risco no ar

Como é tão simples sonhar

 

Desejar e ver o meu coração

Escorrer doce de toda paixão

E o meu prazer é rir da solidão

E sempre fazer da imagem, ação

Roberto Mendes - Salvador Daqui 
(Roberto Mendes e J. Velloso)
CD: Matriz, 1992

Acompanhe J. Velloso pelas redes sociais:

  • Facebook - White Circle
  • spotify
  • YouTube - White Circle
  • d46fce_32cf82ff1c0a455d93890d7872d1c082-mv2
  • Instagram - White Circle

Site desenvolvido por Mirella Medeiros.