"Rosário Dos Pretos - Cânticos" é um disco com canções da missa que é celebrada todo final de tarde de terça-feira na Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, no Pelourinho, centro histórico de Salvador/BA. A celebração teve um importante colaborador, o jesuíta Padre Alfredo, que, com sua sensibilidade e entusiasmo, durante o seu tempo como pároco da igreja (1994-2001), favoreceu a introdução de formas populares de expressão afro-brasileira na liturgia católica tradicional.

 

   O disco foi projetado, realizado, produzido e dirigido por J. Velloso em 1999  conta com a presença de grandes artistas negros, como Aloisio Menezes, Ilê Aiyê & Coral do Rosário; Bule-Bule; Chico César & Filhos de Gandhy; Clécia Queiroz & Os Ingênuos; Dona Edith do Prato; Dona Ivone Lara; Dona Zezé; Filipe Mukenga & Oficina de Frevos e Dobrados (dirigida por Fred Dantas); Gamo da Paz & Grupo Ofá; Grupo Ofá & Coral do Rosário; Grupo Ofá & Fiéis do Rosário; Ilê Aiyê & Coral do Rosário; Lazzo; Márcia Short & Meninos do Pelô; Margareth Menezes & Olodum; Mariene de Castro & Filhos de Gandhiy, Matildes; Padre Alfredo & Meninos do Pelô; Pró Mimi; Rás Bernardo & Banda Ragga; Roberto Mendes & Vozes da Purificação; Tati Lima; Tonho Matéria; Zezé Motta & Banda Didá.

 

   Sobre a produção desse disco, J. Velloso contou:

 

   “Fui assistir à Missa do Rosário dos Pretos a convite do Padre. Alfredo Dórea no aniversário de um ano de falecimento de Batatinha, que fazia parte da Irmandade de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos. O Padre havia chamado eu e Paquito para participar da homenagem ao compositor, pois produzimos um disco dele, "Diplomacia", mas Paquito não pôde ir. Eu fui e fiquei encantado com a beleza da missa, com os cânticos, as vozes, os ritmos, os fiéis dançando ijexá... Comentei com Mariene de Castro que tinha tido, naquele momento, uma ideia para registrar a missa em um disco.

 

   A ideia era a de fazer uma seleção de músicas cantadas nessas missas e convidar cantores negros e grupos musicais com raízes na música negra para interpretá-las, utilizando ritmos que tivessem essa origem. Após ouvir as músicas percebi que a maioria delas eram cantadas no ritmo de samba-de-roda ou em partido alto, mas preferi introduzir outros ritmos de origens negras. Com isso conseguimos dar uma variedade de ritmos para o disco. 

 

   Minha falta de experiência como produtor musical me fez apostar numa produção imensa, que se apresentava, aos meus olhos amadores, como sendo simples e viável. Elias Filho, o produtor executivo do disco, transferiu seu estúdio para dentro da Igreja do Rosário dos Pretos, pois eu queria registrar a ambiência do lugar e o calor das vozes dos fiéis, pois senti muita falta desse ambiente no disco que trabalhei da Novena de Nossa Senhora da Purificação. Foram dias loucos, tempo curto, e trabalho muito.

 

   O disco produzido tinha finalidade semelhante ao de Nossa Senhora da Purificação e foi doado à Irmandade de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos para que a verba arrecadada com a venda dos CDs fosse destinada aos trabalhos sociais oferecidos pela irmandade.

 

   Mais do que um CD religioso, esse é um disco para quem gosta de música brasileira com influências da cultura negra. É um CD onde o sincretismo religioso baiano é reverenciado.”

Rosário dos Pretos -  Cânticos
Produzido por J. Velloso, 1999

Clique na imagem acima para ouvir o disco completo.

Para escutar as faixas individualmente, clique aqui ou nas musicas abaixo:

Faixas:

1. Grupo Ofa - Ogum (J. Velloso)

2. Margareth Menezes e Olodum - Oh! Que Coisa Bonita (Padre Alfredo)

3. Padre Alfredo - Senhor Deus (Domínio Público)           

4. Tati Lima – Bwana (Domínio Público – Zairense)         

5. Banda Didá e  Zezé Motta - Tá Caindo Fulô (Domínio Público – Zairense)         

6. Fiéis Do Rosário e Grupo Ofá - Nkosi Sikelel 'L Afrika (Congadeiros De Minas)

7. Banda Ragga e Ras Bernardo - Ai De Mim (Padre José Raimundo Galvão)        

8. Aloisio Menezes, Coral Do Rosário e Ilê Aiyê - Um Grito De Fé (Padre Alfredo)

9. Clécia Queiroz e Os Ingênuos - Oh Meu Santo Antônio (Padre Alfredo)

10. Chico César e Filhos De Gandhi  - Quem Disse (Zé Vicente)

11. Meninos Do Pelô e Padre Alfredo - Vem Espírito Vem (Domínio Público)

12. Bule-Bule - Pai Nosso (Domínio Público)

13. Padre Alfredo - Assim Seja (Padre Alfredo)

14. Dona Ivone Lara e Ilê Aiyê - Sorriso Negro (Adilson Barbado, Jair Carvalho, Jorge Portugal)

15. Pró Mimi - Hino Da Nossa Senhora Do Rosário (Irmandade De Nossa Senhora Do Rosário Dos Pretos)

16. Dona Edith Do Prato  - Deus E Mais (Padre Alfredo)

17. Dona Zeze - Oração De Santa Bárbara (Domínio Público)

18. Lazzo Matumbi - Cristo Amigo (Padre Luna)

19. Meninos Do Pelô e Márcia Short - Terça-Feira Pelourinho (Padre Alfredo)

20. Tonho Matéria – Viva (Padre Alfredo)

21. Filhos De Gandhi e Mariene De Castro - Senhora Negra (Padre Alfredo)

22. Dobrados, Filipe Mukenga, Fred Dantas e Oficina De Frevos - Hino A Santo Antônio De Categeró (Domínio Público)

Acompanhe J. Velloso pelas redes sociais:

  • Facebook - White Circle
  • spotify
  • YouTube - White Circle
  • d46fce_32cf82ff1c0a455d93890d7872d1c082-mv2
  • Instagram - White Circle

Site desenvolvido por Mirella Medeiros.