J. Velloso - Rinoceronte
(Roberto Mendes e J. Velloso)
CD: Aboio Para Um Rinoceronte, 2004

RINOCERONTE 

(Roberto Mendes e J. Velloso)

Vou cantar pra um rinoceronte
Vou cantar pra um rinoceronte


Um rinoceronte que está parado no meio da rua
Com olhos pequeninos
Onde a lua se reflete inteira quando é nova
Ela abraça sua íris
Pra dar outra visão
Visão de lua e de coração
Pra que a vida não se perca
Pra que a vida não se perca, não
E meu ser não esmoreça

Oh! Lua cheia tome o meu corpo
Pinte minha couraça de azul-prateado
Pra que eu possa mudar
E ficar do jeito que meu Deus quer

O Deus que me quer me quer bem
E não me quer ver assim

Quantos dias têm que não olho pro céu?
Quantos dias têm que não olho pro céu?
E é tão comum não olhar pro céu
Tão comum, meu Deus, não olhar pro céu

​Tudo é normal, menos a natureza
A terra, a água, a lama, o ar, a folha, o ar
O rio, o mar, a chuva, o mar
A vida, a morte, a criança
A rua, o luar, a rua o luar
E um rinoceronte, com minha gente, no meio da rua

E a vida sempre continua
E a vida sempre continua
E a vida sempre continua
E a vida sempre continua

Acompanhe J. Velloso pelas redes sociais:

  • Facebook - White Circle
  • spotify
  • YouTube - White Circle
  • d46fce_32cf82ff1c0a455d93890d7872d1c082-mv2
  • Instagram - White Circle

Site desenvolvido por Mirella Medeiros.