MARFIM 

(Saul Barbosa e J. Velloso)

Luar que se espelhava
Na flor da agua macia
Tremia ao frescor da brisa


Areia que pisavas
Prata úmida fria
O ar serenavas


Tu és de marfim
Unhas de mandarins
Frágil nobreza em si


Só sei que tens
Olhos de querubins
Quero ter-te sempre em mim


Nosso amor não vem da serpente
Meu medo é o medo que sentes
De entregar o teu coração


Olhe pros olhos ardentes
Contas na cara da gente
Reluzem a alegria
Da nossa paixão

Netinho - Marfim
(Saul Barbosa e J. Velloso)
CD: Saul Barbosa - "Bahia, Cidade Aberta", 1995

Acompanhe J. Velloso pelas redes sociais:

  • Facebook - White Circle
  • spotify
  • YouTube - White Circle
  • d46fce_32cf82ff1c0a455d93890d7872d1c082-mv2
  • Instagram - White Circle

Site desenvolvido por Mirella Medeiros.