J. Velloso - Mãe Eterna
(Alexandre Leão e J. Velloso)
CD: Aboio Para Um Rinoceronte 2004

MÃE ETERNA

(Alexandre Leão e J. Velloso)   

Parará na concha

Da minha mãe eterna

Mãe da minha vida

Pérola sem mar

 

Chorará na pedra

Lágrima que brilha

Córrego desliza

Até rocha rasgar

 

Mãe, te peço calma

Só me dê a fúria das correntezas

Pra partir correntes que queiram me arrasar

 

Toda cara enxuta

Deformará em rugas

Risos de artifícios pra tristeza ocultar

 

Minha fé não é surda

Dor é pedra bruta

Delicada esperança

Em um lagdbá

 

Mãe, te peço calma

Só me dê a fúria das correntezas

Pra partir correntes que queiram me arrasar