JUREMEIRA

(Vitor Santana, Vinicius Ribeiro e J. Velloso)   

Jurei não mais amar as Acácias
Mas com essa Jurema não dá pra evitar
Prestei atenção na fala da natureza 
Seus encantados querem me ensinar
A pegar versos do chão e por na mesa
Fazer coração adormecido despertar 

Adeus do medo de Deus
Sereia dos sonhos meus
Minha crença é gostar de te amar
Duvidou...

Mimosa e hostil fez uma cerca
Tentando impedir d’eu me aproximar
Cheirando a manjericão, pele de seda
Tão clara como lua sobre o mar
No transe do mistério dos desejos
Mais uma vez por prazer eu fui me encantar

Não olhei mais pro o passado
Mergulhei no Poço Encantado
Pra juntos o mesmo sonho sonhar

O amor lhe deu histórias tristes pra contar
Mas nunca foi o meu, eu tenho como provar

Molhe seus lábios nos meus
Jogue a tristeza pra lá
E de amor vamos nos embriagar

Vitor Santana - Juremeira
(Vitor Santana, Vinicius Ribeiro e J. Velloso)
Single, 2004

Acompanhe J. Velloso pelas redes sociais:

  • Facebook - White Circle
  • spotify
  • YouTube - White Circle
  • d46fce_32cf82ff1c0a455d93890d7872d1c082-mv2
  • Instagram - White Circle

Site desenvolvido por Mirella Medeiros.